Ainda Não te Registaste? Clica aqui para o fazeres é Gratuito

Índice do Fórum www . Bombeiros - Portugal . net
www . Bombeiros - Portugal . net
O Ponto de Encontro de Todos Os Bombeiros
 
   Página InicialPortal AlbumAlbum  PortalForum FAQFAQ   PesquisarPesquisar   MembrosMembros   GruposGrupos   CalendarioCalendario  Lista de utilizadores BanidosLista de utilizadores Banidos   RegistarRegistar 
 Recomendar site a um amigoRecomendar  PerfilPerfil    Ligar e ver Mensagens PrivadasLigar e ver Mensagens Privadas    EntrarEntrar  Ocorrências ActivasOcorrências Activas  Ocorrências ActivasRisco de Incêndio   LinksLinks   Links>Chat 
 Envie NoticiasEnviar Noticias  VideosVideos  EventosAdicionar Eventos  EventosEnviar Fotografias


Serviço de Helicópteros de Emergência Médica: 10 anos a voar para salvar vidas


 
Novo Tópico   Responder a Mensagem    Índice do Fórum www . Bombeiros - Portugal . net -> INEM


Ver mensagem anterior :: Ver mensagem seguinte  
Autor Mensagem
Kelinha




Registrado em: 13 Jul 2006
Mensagens: 4852

MensagemColocada: Sex Set 07, 2007 11:24 pm    Assunto:
Serviço de Helicópteros de Emergência Médica: 10 anos a voar para salvar vidas
    Responder com Citação



O Serviço de Helicópteros de Emergência Médica do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) comemora 10 anos de actividade. Desde que entraram em funcionamento, os helis do INEM foram utilizados por 4.562 vezes em missões de emergência médica.

O relógio marca 20h20m, de um Sábado do início de Julho. A saída do heli é rápida. A gravidade da situação assim o exige: 5 feridos, um deles uma criança de três anos. É o resultado do choque frontal de duas viaturas perto de Torres Vedras, na Estrada Nacional 8.

E é em plena estrada que aterra o helicóptero. A viagem demorou pouco mais do que 10 minutos e mal o aparelho pousa saltam lá de dentro um médico e um enfermeiro. O cenário é triste: carros fumegantes e duas das vítimas tiveram morte imediata. Há ainda os restantes três feridos, que necessitam de atenção e por quem ainda é possível fazer muita coisa. A começar pela criança, que está inconsciente e com lesões graves na face.

“Trabalhou-se bem”, há-de reconhecer mais tarde o médico do heli. Equipa médica e bombeiros locais entendem-se sem dificuldade. As vítima foram estabilizadas e socorridas.

Ouve-se novamente o som dos motores do helicóptero. O destino já está traçado: Hospital de Santa Maria, onde uma equipa médica com vários especialistas está já avisada da chegada da criança em estado grave. O esforço veio a revelar-se como frutífero, pois a criança está hoje a recuperar bem.

Foi o único serviço do heli de Lisboa nesse dia. O do Porto teve ainda mais trabalho: três saídas. Dois transportes entre hospitais e mais um acidente de viação, em Moncorvo, distrito de Bragança, logo no início da manhã. Mas, no fim do dia a estatística não é importante: o que conta é que as equipas têm uma certeza - fizeram a diferença.



Número de missões e transportes primários em crescimento



O Serviço de Helicópteros de Emergência Médica do INEM iniciou-se no dia 17 de Julho de 1997. A cerimónia oficial da abertura realizou-se no heliporto do Hospital do Barlavento Algarvio, em Portimão, contando com a presença do Primeiro-Ministro e da Ministra da Saúde em funções nessa data, António Guterres e Maria de Belém Roseira, respectivamente.

Nessa altura o período de funcionamento era de 12 horas diárias, situação que foi alterada a partir do dia 16 de Outubro de 2002, quando os helicópteros passaram a estar disponíveis 24 horas por dia.

Os helicópteros de emergência médica do INEM são utilizados no transporte de doentes graves entre unidades de saúde (transporte secundário) ou entre o local da ocorrência e a unidade de saúde (transporte primário). Estão equipados com material de Suporte Avançado de Vida, sendo a tripulação composta por um médico, um enfermeiro e dois pilotos.

O número de transportes primários tem subido significativamente nos últimos anos, representando já um terço do total de accionamentos (ver quadro). O número de accionamentos apresente igualmente uma tendência de crescimento, sendo que nestes dez anos de actividade os helis do INEM cruzaram os céus por mais de 4.500 vezes.

O INEM dispõe actualmente de dois helicópteros próprios, localizados no aeródromo de Tires, em Lisboa, e no Hospital Pedro Hispano, no Porto. O aluguer das duas aeronaves tem um custo mensal de 308.342 euros, acrescidos de 867,85 euros por cada hora de voo.

O INEM assegura também a equipa médica de um helicóptero da Autoridade Nacional de Protecção Civil, situado em Santa Comba Dão, o qual funciona no período nocturno. Sempre que necessário pode recorrer também à utilização dos helicópteros da Força Aérea Portuguesa.

Fonte INEM
Voltar ao topo
Google
AdSense






Posto: Bombeiro de 3ª / Enfermeiro
Corpo de Bombeiro: Bombeiros Voluntários da Mealhada

MensagemColocada: Sex Set 07, 2007 11:24 pm    Assunto:
Click Aqui para Ajudar O site
   





Cursos: Técnicas de Socorrismo / Salvamento e Desencarceramento
Voltar ao topo
Mostrar os tópicos anteriores:   
Novo Tópico   Responder a Mensagem    Índice do Fórum www . Bombeiros - Portugal . net INEM Todos os tempos são GMT
Página 1 de 1

 
Ir para:  
Neste fórum, você Não pode colocar mensagens novas
Não pode responder a mensagens
Não pode editar as suas mensagens
Não pode remover as suas mensagens
Você Não pode votar neste fórum
Você não pode anexar ficheiros neste fórum
Você não pode baixar ficheiros neste fórum



Powered by phpBB © 2001, 2005 phpBB Group
Layout por ViPeR5000
Googlepage: GooglePullerPage
eXTReMe Tracker


CSS Valid PHP Valid CSS Valid
server monitor

[ Time: 0.2738s ][ Queries: 28 (0.0240s) ][ Debug on ]